Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Autarquia de Águeda convidada para o Laboratório Vivo de Construção Sustentável

2011022116073673862 1 1024 2500
17 Fevereiro 2011

A Câmara Municipal de Águeda foi convidada pela APCSLL – Living Lab Associação para a Construção Sustentável (APCSLL) a aderir ao SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB como parceiro representativo do papel dos Municípios.

A Câmara Municipal de Águeda foi convidada pela APCSLL – Living Lab Associação para a Construção Sustentável (APCSLL) a aderir ao SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB como parceiro representativo do papel dos Municípios.

O convite para esta parceria surge como reconhecimento das competências acumuladas pela participação da Câmara de Águeda neste tipo de organismos de investigação e desenvolvimento económico: LigHtning Living LAB e Águeda Living Lab. É desta forma que a Autarquia surge como uma mais-valia na prossecução do objectivo de tornar a construção sustentável uma prática comum, designadamente na reabilitação do edificado existente.

Assim, nos passados dias 10 e 11 de Fevereiro de 2011 esteve representada na 7.ª reunião do grupo de trabalho REABILITAÇÃO DE COBERTURAS e na 2.ª reunião do grupo de trabalho REABILITAÇÃO DE FACHADAS que se realizaram em Lisboa, na sede da APCSLL, onde foram apresentadas soluções construtivas que irão integrar um futuro manual de distribuição gratuita orientado para a reabilitação de edifícios.

O SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB é uma organização transversalmente representativa do sector da construção, integrando todos os actores, desde as Instituições Europeias ao Utilizador Final, com o objectivo de tornar a construção sustentável uma prática comum e mais divulgada entre todos os intervenientes do processo, desmistificando as dificuldades que hoje suscitam este tipo de assunto sempre que se tenta alterar comportamentos.

A lógica de que o edificado deverá ser concretizado com bases da sustentabilidade é a base de trabalho em desenvolvimento da APCSLL, ou seja, não vale a pena adoptar sistemas de redução de custos energéticos se a edificação, em si, não foi construída com os princípios da sustentabilidade. A intervenção tem de ser garantida logo no princípio da construção e em todo o seu desenvolvimento, com a consciência de que se todo o processo construtivo for desenvolvido sob a orientação da sustentabilidade será mais seguro atingir uma maior redução de consumos energéticos.

É objectivo do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB operar uma estrutura de cooperação dinâmica (real e virtual) entre os actores relevantes no sector da construção, nomeadamente os proprietários de imóveis, os fornecedores de soluções construtivas, os municípios e os técnicos, incluindo Peritos Qualificados, entre muitos outros actores do sector da construção.



Para mais informações poderá ser consultado o sítio-e http://www.construcaosustentavel.pt ou visitada a página do Facebook Iniciativa Construção Sustentável.