Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Programas de controlo e adoção de animais são um sucesso em Águeda

Friends 1149841 1920 1 1024 2500
08 Junho 2020

Para além da campanha de adoção de cães no Canil Municipal, a Câmara tem procedido ao controlo de colónias de gatos silvestres

A Câmara Municipal de Águeda tem em curso uma campanha CED (Capturar/Esterilizar/Devolver), que desde o início, em agosto do ano passado, tem acompanhado 15 colónias de gatos silvestres, referenciadas em todo o concelho. Neste período já foram capturadas, esterilizadas e devolvidas ao seu habitat 30 fêmeas e 9 machos.
“Desenvolvemos um trabalho sério e concertado com os médicos veterinários para que este acompanhamento das colónias silvestres seja produtivo para controlo das espécies. Para além disso, a Câmara tem em curso uma campanha de adoção de animais cujo sucesso é evidência da importância de se desenvolverem políticas sustentáveis e que permitam o encontro entre animais e uma família que lhes dê amor e carinho”, disse Jorge Almeida, Presidente da Câmara de Águeda, alertando que é proibido o abandono intencional de animais na via pública.
Este tipo de intervenções “faz toda a diferença”, reforça o Edil, acrescentando que a ação tem repercurssões tanto no bem-estar da sociedade como no dos animais. As populações de animais silvestres e errantes ficam controladas e os que podem ser adotados encontram uma família que os queiram. “É um serviço que prestamos aos cidadãos, garantindo padrões de segurança das pessoas e conforto dos animais, para além de ser evidência das preocupações sanitárias e de saúde pública da Câmara”, declarou Jorge Almeida.
Este trabalho de controlo das colónias de gatos silvestres está a ser desenvolvido pelos serviços camarários, numa articulação com um médico veterinário que agiliza todo o processo de captura, esterilização e devolução dos gatos. As fêmeas são esterilizadas em duas clínicas veterinárias do concelho, enquanto os machos são tratados num consultório veterinário.
O processo envolve a captura dos gatos de uma colónia, a sua esterilização, um pequeno corte na orelha esquerda para fins de identificação, desparasitação e, por fim, a devolução dos animais ao seu território de origem. Deste modo, é objetivo da Câmara de Águeda controlar a multiplicação destes animais silvestres.
Por outro lado, a Câmara de Águeda lançou, no outubro de 2018, a campanha “Adote um Animal Abandonado”, em que quem adotar um animal do canil municipal recebe, de forma gratuita, a esterilização, a vacinação e a primeira desparasitação.
Com este projeto, a Autarquia pretende proporcionar um novo lar aos animais que foram retirados das ruas do concelho e que estão à guarda do canil municipal, incrementar positivamente o número de adoções e, por outro lado, apelar aos munícipes para o não abandono dos seus animais de companhia.
Neste âmbito, em 2019, bateram-se os recordes de adoções, com 92 animais adotados e a campanha continua em curso. Todos os animais são desparasitados e vacinados antes de ficarem com o novo dono, para além de receberem o seu Bilhete de Identidade eletrónico.
Tanto uma (campanha CED) como outra (campanha de adoção) têm sido um sucesso e demonstram que a aposta nestas ações é para continuar.
Refira-se que o Canil Municipal está aberto à comunidade todas as quartas-feiras, das 9 às 12h30, sendo que os interessados podem efetuar a marcação da visita fora desse período através do Número Verde 800 20 31 97. Para mais informações, consulte o site do Município ou solicite através do e-mail dv-peh@cm-agueda.pt.