Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Rede de sensores ambientais de Águeda reconhecida internacionalmente

A  2  1 1024 2500
06 Junho 2019

Uma rede de oito estações com 19 sensores ambientais torna Águeda um Laboratório Vivo para a ciência ao serviço do cidadão, em iniciativa inovadora na Região.

Os princípios da sustentabilidade têm orientado as opções adotadas pela Câmara Municipal de Águeda, preocupação que coloca o município no roteiro das boas práticas a nível europeu. Esta postura reflete-se na implementação de iniciativas inovadoras e projetos piloto, que visam a melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes. O Município de Águeda afirma-se, desta forma na vanguarda das Smart Human Cities, colocando a tecnologia e a ciência ao serviço do cidadão, bem como da melhoria da qualidade de vida no espaço do território aguedense.
Foi em 2018 finalizada a instalação de uma rede de 19 sensores ambientais distribuídos por 8 estações, que proporcionam informação acerca da qualidade do ar do território de uma forma abrangente, transcendendo o espaço urbano. Uma plataforma de uso intuitivo é a interface que permite aos utilizadores aceder às leituras em tempo real, consultar históricos ou efetuar o download dos cerca de 90 parâmetros meteorológicos, de qualidade do ar pressão sonora em ambiente urbano, disponíveis para monitorização.
Esta medida pioneira, cruza com outros projetos já desenvolvidos e implementados pelo município, entre os quais ganha destaque o Clair City, projeto europeu fundamentado na informação e educação cidadã, focando a temática da qualidade do ar e o seu reflexo na qualidade de vida do cidadão.
O sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda, Edson Santos, afirmou que “este projeto diferenciador revela o compromisso do atual Executivo Municipal com o cidadão, entendendo a inovação e o progresso, não apenas como meio ao serviço das políticas públicas, mas como uma ferramenta para a transformação do município num laboratório vivo onde o conhecimento e o empreendedorismo local e regional encontram expressão, e se traduzem na melhoria das condições e qualidade de vida dos munícipes, fim último da nossa ação municipal.”
O caso da rede de Sensores Ambientais foi destacado e selecionado como uma boa prática pela Green destinations, organização internacional que foca os valores da sustentabilidade no âmbito do turismo.


Saiba mais:
https://www.cm-agueda.pt/pages/48?news_id=1453
http://greendestinations.org/2019-top100-awards/
https://www.sense.monitar.pt/