Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

23 projetos de Águeda distinguidos com o selo “Escola Amiga da Criança”

Escolaamigadacriancaconfap 1 1024 2500
26 Abril 2019

Foram 23 os projetos de escolas do concelho distinguidos na cerimónia de entrega do selo “Escola Amiga da Criança”, que se realizou no Auditório da Escola Secundária Marques de Castilho, no passado dia 5 de abril.
A iniciativa “Escola Amiga da Criança” é promovida pela Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), por uma comissão de avaliação composta pelo presidente da confederação Jorge Ascenção, o psicólogo Eduardo Sá, Tiago Morais Sarmento, administrador executivo da Leya, Ariana Cosme, coordenadora do Observatório da Vida nas Escolas, Armando Leandro, ex-presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens, Isabel Stilwell, jornalista e escritora, José Matias Alves, coordenador do Serviço de Apoio à Melhoria da Educação da Universidade Católica, José Vítor Pedroso, director-geral da Direcção-geral da Educação, e Margarida Pinto Correia, directora de Inovação Social da EDP.
Este projeto premeia escolas com ideias e projetos inovadores em categorias como: alimentação e higiene, segurança, espaços de recreio, formação cívica, envolvimento da família e projetos extracurriculares.

A cerimónia contou com a presença de Elsa Corga, Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Águeda, Carlos Cavaleiro, representante da Leya, Alberto Santos, representante da CONFAP, e Eduardo Sá. A cerimónia contou ainda com a participação dos Diretores dos Agrupamentos de Escolas de Águeda Sul e de Águeda, Francisco Vitorino e Paulo Pimentel, respetivamente, representante do Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, Fernanda Marques e a presidente da FAPAUEDA, Cristina Cruz.
O psicólogo Eduardo Sá, explica que queria “qualquer coisa com o mesmo tipo de lógica dos rankings, mas subversiva”, que contribua “ainda mais” para a decisão dos pais sobre a escola que os filhos vão frequentar e realçando que “o modelo (da escola) tem de ser repensado”, acrescentando que “os miúdos têm cada vez menos tempo para serem crianças”.
Nesta edição, em que foram submetidas mais de 1000 candidaturas, 50 das quais de várias escolas do concelho de Águeda, as escolas EB Fernando Caldeira, EB Prof. Artur Nunes Vidal, EB de Aguada de Baixo, EB de Valongo do Vouga e o Jardim de Infância de Fermentelos conseguiram arrecadar um total de 23 distinções.

Os projetos vencedores foram:
EB Fernando Caldeira
Trivial do Futuro
Velhas Margens, Novas Pontes
Sessões de Sensibilização com Pais e Encarregados de Educação
Eco Dia – Feirinha Verde
Sala do Ambiente
Turma Top
Dia da Atividade Física e Desportiva
EPIS (Associação Empresários pela Inclusão)
Emoção em Ação e Lúdico-Lógicas

EB Prof. Artur Nunes Vidal
Abrir Portas ao Mundo: Intercâmbio Cultural
Aprender Mais
Aulas la Fora

Jardim de Infância de Fermentelos
Brincar com a Música

EB Aguada de Baixo
Lançar Pontes

EB 2, 3 de Valongo do Vouga
Curso de Educação Parental
Dia “Ser Sáudavel”
Projeto Eco-Escolas
Pontes Entre Nós
Crescer em Resiliência
Clube de Mediação Escolar
Assembleia de Delegados e Subdelegados
Comemoração do Dia da Não Violência e da Paz nas Escolas
In-Depêndencias

Sobre a cerimónia, Elsa Corga referiu: “As candidaturas apresentadas pelas escolas do concelho de Águeda refletem o trabalho e empenho de professores e alunos, pelo que estão todos de parabéns. Termos um total de 23 projetos distinguidos no concelho é algo que nos deixa muito satisfeitos e é uma forma de reconhecer o trabalho desenvolvido”.