Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Panteão dos Lemos

Monumento Nacional
Localização: Igreja de S. Salvador - Trofa do Vouga
Decreto de 16/06/1910 - Dec.-Lei 318/82 de 11/8

O monumento é formado por um arcossólio enquadrado entre duas pilastras ornamentadas que correm de alto a baixo e sustentam a arquitrave vandalizada.

É o sistema geral dos monumentos congéneres dos panteões. No baseamento do arco repousa a urna funerária que mede um metro e vinte centímetros de comprimento.

O arcossólio propriamente dito parte de dois colunelos cilíndricos de fustes lisos e capiteis muito simples, túmulos do lado do Evangelho.

A esses colunelos seguem-se pés direitos com as suas imotas de uns oitenta centímetros de largura ou profundidade.

No tímpano do fundo está esculpido o Brasão dos Lemos, com a heráldica e envolto numa grinalda ou coroa vegetalista, formada por folhas e frutos entremeados de rodelas (momento de D. Joana de Melo, mulher de D. Duarte de Lemos), grupo do lado da Epístola. Porém o túmulo da fidalga da Trofa, a grinalda pende da charneira de uma grande concha planificada.

As impostas dos pés direitos laterais do edículo continuam e unem-se por uma espécie de arquitrave que divide a parede fundeira e separa o tímpano. Por baixo da arquitrave esboçada em baixo relevo, vê-se como em cenografia, e também baixo relevo, um pórtico de três arcos de volta inteira com dois pequenos óculos circulares e janelinhas entreabertas.

Na Trofa, nos túmulos do lado da Epístola, que são os do Fidalgo e irrequieto batalhador da Índia e do Brasil, e de sua esposa, bem como num do lado do Evangelho, os pés direitos laterais apresentam-se canelados por molduras de perfil curvilíneo chamados em arquitectura junquilhos, e cortados em bisel a meia altura.

O intradorso, ou abobada do arcossólio, é apainelado e os quadros em que se divide, são alternadamente lisos e ornados com florões de baixo-relevo. Há vinte quadros por cada arcossólio.

A urna ossoária assenta sobre carrancas esculpidas nos próprios cantos. Há urnas sobre lebréus estilizados. O epitáfio está gravado na fase principal e lisa da arca. Comparados com outros, o Panteão dos Lemos tem a seu favor a monumentalidade do conjunto a superioridade da sua riqueza escultórica e decorativa, a mais perfeita execução e uma conservação excelente. Em gramática decorativa, aqui aplicada, os temas são particularmente variados, profusos e requintados.

in, “Arquivo do Distrito de Aveiro n.º 157”

Igreja de São Salvador da Trofa