Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Eco-escolas de Águeda recebem bandeira verde

Eco escolas 1 1024 2500
13 Janeiro 2021

Neste momento, são 15 as escolas do concelho de Águeda e dois agrupamentos que podem exibir o galardão atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa

“O trabalho que fazem nas escolas é a sementeira que é feita nas novas gerações e esse é o melhor investimento que podemos fazer”, disse Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, na cerimónia simbólica de entrega das bandeiras verdes às 15 eco-escolas do concelho, galardoadas no ano letivo 2019-2020, que decorreu hoje, no Salão Nobre da Autarquia.
Estas distinções foram atribuídas pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, no final do ano passado, cabendo ao Município enquanto coordenador do projeto a responsabilidade de entregar este reconhecimento às escolas galardoadas. “Uma honra que deve ser partilhada por todos e que premeia o trabalho individual e de cada escola no processo de construção de uma sociedade mais sustentável”, afirmou ainda o Edil, congratulando a comunidade educativa pelos resultados obtidos.
Atualmente são 15 as escolas do concelho que podem exibir as bandeiras verdes, mais do dobro das que haviam recebido o galardão em 2018-2019 (seis). “Este caminho de excelência deve encher-nos a todos de orgulho, porque quando nos comparamos com os melhores e nos saímos bem, devemos ficar satisfeitos”, sublinhou Jorge Almeida.
De realçar que Águeda tem ainda dois eco-agrupamentos (Águeda e Valongo do Vouga), ou seja, todas as escolas destes agrupamentos conquistaram a bandeira verde, um fato que mereceu destaque na cerimónia de hoje e aos quais foi entregue um diploma. A este propósito, Jorge Almeida lançou o repto aos restantes agrupamentos e escolas para que consigam alcançar este reconhecimento no próximo ano, estando o Município disponível para apoiar a implementação do programa Eco-escolas nos estabelecimento de ensino aderentes.
Entre as atividades que podem ser executadas está a realização de visitas de estudo, dinamização de workshops temáticos e outras ações de sensibilização, sendo que a Câmara Municipal, para além do contato direto com as escolas, disponibiliza diverso equipamento e material para a execução das ações referidas.
Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara de Águeda, frisou a importância do trabalho que é realizado pelas escolas, que têm sido “um exemplo de resiliência” em tempos de dificuldade acrescida.
“Este universo de pessoas que trabalham estas temáticas e objetivos, como escolas, alunos, assistentes, IPSS’s, tornam o ambiente mais sustentável”, afirmou Elsa Corga, Vereadora da Educação, acrescentando que os alunos “estão a semear em casa o que aprendem”, uma aposta que dará frutos no futuro.
Na sessão, foram ainda apresentadas as boas práticas implementadas no Município no que se refere à educação ambiental, como as que estão a ser dinamizadas no Laboratório Vivo para a Descarbonização, um espaço ao qual as escolas podem recorrer para realizar atividades ou desenvolver ideias.
Também a Águas do Centro Litoral (AdCL) marcou presença neste evento, para apresentar a sua estratégia de parceria com os estabelecimentos de ensino nesta área, onde pretende informar, educar, sensibilizar e aproximar os alunos das boas práticas ambientais. O ciclo urbano da água, o consumo da água e a importância dos cuidados relativos ao saneamento são algumas das campanhas em curso pela AdCL e que a instituição pretende colocar à disposição das escolas.
Refira-se que este galardão reconhece o empenho e o trabalho desenvolvido na área da educação ambiental para a Sustentabilidade por estas 15 escolas, que representam a totalidade de estabelecimentos de ensino do concelho de Águeda que se candidataram ao galardão no ano letivo 2019/2020.
As escolas vencedoras são: EB de Águeda + Jardim de Infância; EB de Aguada de Cima; EB de Assequins; EB da Trofa, EB de Valongo do Vouga; EB Fernando Caldeira; EB1 da Borralha; EB1 de Macinhata do Vouga; EB1 de Recardães: EB/Secundária Marques de Castilho; Escola Secundária Adolfo Portela; Instituto Duarte Lemos; Jardim de Infância da Castanheira; Jardim de Infância da Giesteira; e Patronato da Nossa Senhora das Dores.

 

eco_escolas2