Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara de Águeda firma protocolo com Universidade de Aveiro

98605337 852976291890657 9085742816331563008 n 1 1024 2500
19 Maio 2020

Parceria tem como objetivo recuperar, digitalizar e salvaguardar o património sonoro do concelho

A Câmara Municipal de Águeda firmou um protocolo de colaboração com a Universidade de Aveiro (UA), no âmbito do projeto SOMA – Sons e Memórias de Aveiro, com vista a assegurar a realização de um projeto de recuperação, digitalização e salvaguarda do património sonoro do concelho.
Esta parceria surge no âmbito de uma estratégia municipal, que visa afirmar Águeda enquanto um município de referência nesta área. “A Câmara de Águeda tem vindo a estabelecer programas e ações estratégicas que contribuem para o desenvolvimento cultural concelhio e para a promoção do Concelho nos contextos regional, nacional e internacional como um Município criativo e de referência”, disse Elsa Corga, Vereadora da Cultura da Câmara de Águeda.
Segundo os pressupostos do protocolo, já em vigor, o Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (unidade de investigação do Departamento de Comunicação e Arte da UA, onde está integrado o projeto SOMA) compromete-se a fazer a inventariação e catalogação do material, a limpeza e higienização de suportes físicos, a digitalização e filtragem sonora de material em áudio, a digitalização e tratamento de material audiovisual, bem como o apoio audiovisual à realização de entrevistas com os detentores ou responsáveis pelas coleções para contextualização de material.
Caberão à autarquia as despesas inerentes à contratação de Recursos Humanos para desenvolver este trabalho, ficando a supervisão e acompanhamento a cargo da UA.
Com base neste protocolo, uma das coleções a ser alvo deste trabalho de salvaguarda é a Coleção Francisco Silva, que é composta por 300 ficheiros em vídeo em formato VHS, 45 fitas cassetes em formato áudio, bem como diversos outros registos nos mais variados suportes, englobando atividades culturais da região, registos de agrupamentos folclóricos, apresentações musicais, depoimentos, entre outros.
Refira-se que o SOMA é um projeto de investigação da UA, que está a ser realizado em parceria com os 11 municípios integrantes da CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro), tendo por objetivo a construção de um laboratório vivo de memória dedicado à música e ao som na região de Aveiro. Pretende-se salvaguardar uma herança sonora e musical associada a esta região, recordar espaços urbanos e rurais, inspirar ações de reativação da memória, mobilizar os cidadãos na construção de um repositório coletivo, favorecer o envelhecimento ativo através de ações de investigação partilhada, promover uma relação mais permeável entre a UA e a sociedade e consolidar um espaço laboratorial atrativo que favoreça o turismo académico e de investigação.