Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara possibilita tradução em língua gestual a surdos

98347694 592701364934038 4598838164927283200 n 1 1024 2500
18 Maio 2020

Protocolo estabelecido com Associação Cultural dos Surdos de Águeda permite o acompanhamento de pessoas surdas a instituições ou entidades de que precisem

A Câmara Municipal de Águeda proporciona o apoio na tradução em língua gestual a pessoas com deficiência auditiva sempre que necessitem de acompanhamento nas suas deslocações aos diversos serviços, tendo, para tal, firmado um protocolo com a Associação Cultural dos Surdos de Águeda.
Com base no acordo firmado entre a Autarquia e aquela coletividade, no valor de dois mil euros, a associação aguedense cederá um intérprete de língua gestual para apoiar, sempre que necessário, o Gabinete de Apoio à Deficiência, criado pela Câmara de Águeda, bem como acompanhar cidadãos surdos aos vários serviços de que precisem, nomeadamente e entre outros o Centro de Saúde, a Segurança Social ou as Finanças.
Refira-se que este gabinete foi criado pela Câmara de Águeda no desenvolvimento das suas competências, no apoio a inúmeras iniciativas e atividades de natureza social com manifesto interesse para a população com deficiência no concelho, tendo por missão maior a inclusão dos cidadãos portadores de deficiência.
Promover a qualidade de vida e as oportunidades das pessoas com deficiência; disponibilizar intérprete de língua gestual para proporcionar o acesso efitivo e eficaz da população surda a diferentes serviços, sempre que solicitado; divulgar a Língua Gestual Portuguesa e promover a sua aprendizagem são alguns dos pressupostos do protocolo estabelecido entre a Câmara de Águeda e a Associação Cultural dos Surdos de Águeda.
“Este apoio é mais um reflexo da aposta estratégica da Câmara de Águeda na dinamização de iniciativas e disponibilização de recursos para os mais desfavorecidos ou junto da população com deficiência”, refere Elsa Corga, vereadora da Ação Social da Câmara de Águeda, salientando a importância de proporcionar a igualdade de oportunidades e de acesso à informação à população surda do concelho.