Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara aposta na melhoria da qualidade de iluminação pública

Luminarias 1 1024 2500
21 Fevereiro 2020

Câmara aposta na melhoria da qualidade de iluminação pública do Concelho

A operação passa por retirar luminárias situadas em zonas longe das habitações e aglomerados urbanos e por reforçar a iluminação nas localidades. EDP Distribuição assume atraso na reparação de avarias na rede de iluminação

Foi identificado um número significativo de luminárias no Concelho de Águeda, que estão localizadas em zonas no meio da floresta ou longe das habitações. Esta é a principal conclusão de um levantamento exaustivo elaborado pela Câmara Municipal, que está, agora, a proceder à retirada dessas luminárias destes locais e a instalá-las noutras zonas onde de fato são necessárias, onde existem casas e aglomerados urbanos.
“Era necessário realizar este trabalho, que se provou consequente, uma vez que foi possível perceber que há um número elevado de luminárias em locais sem habitantes e desertos e ainda outras que estavam abusivamente em propriedades privadas”, apontou Jorge Almeida, Presidente da Câmara de Águeda.
Após este levantamento, a Autarquia indicou à EDP Distribuição quais as que deveriam ser removidas e que deveriam ser localizadas em zonas mais próximas das populações. No âmbito desta intervenção, até ao momento, foram removidas 333 luminárias em todo o Concelho, sendo que, destas, 163 já estavam desligadas no contexto de um programa de poupança de energia que ocorreu há cerca de sete anos.
Mais do que poupar energia, o objetivo desta operação prende-se com a aplicação de um sentido de justiça e de responsabilidade socioeconómica, para que “com os mesmos custos, se possa melhorar a iluminação das vias públicas em zonas habitacionais de todo o Concelho, rural e urbano”, defendeu o Edil.
No seguimento desta política, a Autarquia apresentou esta intenção a todos os Presidentes de Junta das Freguesias do Concelho, solicitando que apontem “os locais onde é necessário reforçar iluminação, bem como onde possa ter ocorrido alguma eventual retirada indevida ou inapropriada de iluminação”.
Neste momento e mesmo antes de qualquer indicação das Juntas de Freguesia, a Câmara de Águeda já comunicou à EDP que foram desligadas indevidamente e sem qualquer solicitação da Autarquia cinco luminárias.

Paralelamente a esta operação, numa reunião realizada recentemente entre a Câmara de Águeda e responsáveis da EDP Distribuição, foi discutido o atraso significativo na resolução de avarias na iluminação pública em todo o Concelho, bem como na resposta aos pedidos de instalação de novos pontos de luz e ampliação de rede. Águeda tem mais de 300 pedidos para reparação de focos de iluminação, uma intervenção que compete à EDP Distribuição, tendo sido reportados atrasos com mais de nove meses, cuja responsabilidade foi assumida, na referida reunião, pelo prestador de serviços energético.
A EDP Distribuição comprometeu-se em resolver o problema, atuando sobre o seu prestador de serviço, referindo estarem previstas penalizações nestes tipos de atrasos.
Segundo informações do responsável técnico da área operacional de Aveiro, a empresa pretende iniciar um procedimento de rondas por todo o Concelho de Águeda, iniciando pelos Postos de Transformação com mais avarias identificadas. Estas rondas visam, para além de resolver as avarias comunicadas, perceber outras situações a reparar, bem como realizar manutenções preventivas.
A comunicação de avarias na iluminação pública deverá ser reportada pela app da EDP Distribuição ou através do número 800 506 506.