Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara de Águeda recebe Encontro Municipal de Eco-Escolas

Encontro4 1 1024 2500
06 Fevereiro 2020

Este ano, sete novas escolas aderiram ao programa elevando para 15 o número de escolas do Concelho que se comprometem a desenvolver projetos ambientais

“Vocês são pessoas muito abertas à mudança e a fazer a diferença e são vocês que podem levar os vossos pais à mudança. Chateiem toda a gente para terem cuidado com o ambiente”. Elsa Corga, Vereadora da Educação da Câmara de Águeda, fez este apelo dirigindo-se a um público muito especial: crianças que fazem parte do programa Eco-Escolas e que ontem estiveram no Salão Nobre da Autarquia para participar no Encontro Municipal de Eco-Escolas, que contou ainda com a presença dos vários docentes envolvidos no programa em Águeda.
Edson Santos, Vice-Presidente da Autarquia, salientou, neste encontro, que é necessário envolver toda a comunidade educativa para pôr em prática as ideias desenvolvidas pelas Eco-Escolas, educando para a sustentabilidade e ensinando todos a “cuidar do ambiente”.
Margarida Gomes, Coordenadora nacional do programa Eco-Escolas, marcou “presença” no evento através de uma vídeo-chamada, tendo frisado a importância de “descomplicar” o que é necessário fazer para que os estabelecimentos de ensino sejam Eco-Escolas e possam exibir a bandeira verde que as identifica. Apelou aos professores presentes para que se inscrevam nos concursos ainda em aberto e promovam iniciativas que se enquadrem nos vários projetos que o programa tem definido.
O Concelho de Águeda tem 15 Eco-Escolas, sendo que sete aderiram este ano, e ainda dois Eco-Agrupamentos, que se comprometem a desenvolver um conjunto de ações e atividades que pretendem envolver os diferentes elementos da comunidade escolar (alunos, professores, auxiliares de ação educativa, encarregados de educação e comunidade envolvente, nomeadamente a Câmara Municipal). “Águeda + Sustentável” é um compromisso que a Câmara de Águeda tem com a sustentabilidade, no âmbito da qual apoia as Eco-Escolas como meio por excelência de promoção e educação ambiental, seja através da disponibilização de recursos (humanos e materiais), seja pela comparticipação financeira a cada escola aderente, seja ainda pela dinamização de atividades.
Desde 2017, a Câmara de Águeda, no âmbito do Eco-Escolas, já promoveu 378 atividades, envolvendo um total de 6.982 pessoas. Este ano letivo foram já 22 as ações e 1.383 pessoas envolvidas nos várias iniciativas.
Este ano, a Câmara de Águeda tem em mãos para realizar este ano, no âmbito da educação sustentável, alguns projetos, nomeadamente o “Life Águeda”, que incide a sua ação na conservação da biodiversidade nos rios (com duas atividades, o “O Rio de Todos” e “O Rio vai à escola”).
Destaque ainda para o Vaivém do Oceanário que, este ano, regressará a Águeda, onde serão apresentadas um conjunto de atividades ligadas à preservação da água, dos rios e dos mares.
Paralelamente ao ambiente, a Autarquia vai, este ano letivo e no âmbito da promoção de meios suaves de mobilidade, implementar um projeto que vai levar a bicicleta às escolas, ensinando as crianças do 4.º Ano de escolaridade a aprender a andar de bicicleta e ainda as regras de circulação na via pública. “Ambiente tem a ver com mobilidade e a bicicleta é importante para a saúde e ambiente”, disse ainda Edson Santos.