Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Programação do 1.º trimestre do Centro de Artes de Águeda

Conteudo 1537872982 1 1024 2500
15 Janeiro 2020

Sérgio Godinho, Companhia Olga Roriz e Ricardo Ribeiro no Centro de Artes de Águeda

Alguns dos destaques da programação do Centro de Artes de Águeda do primeiro trimestre incluem a música de Sérgio Godinho e de Ricardo Ribeiro, a dança das companhias Clara Andermatt e Olga Roriz, um ciclo de cinema e a Semana do Teatro

O primeiro trimestre do ano vai ser preenchido por música, dança, cinema e teatro no Centro de Artes de Águeda (CAA), que apresenta uma programação diversificada e para todas as idades. Em Janeiro, a programação do CAA arrancou com um concerto de Luca Argel, no âmbito da 23.ª edição do Outonalidades (na passada sexta-feira no Café-concerto) e com o teatro para bebés de Mozartini (no domingo e segunda-feira passado).
No dia 18 (21h30), a Companhia Clara Andermatt vem a Águeda com o seu “Parece que o mundo”, um espetáculo de dança e música, inspirado no livro “Palomar”, de Italo Calvino . O ingresso pode ser adquirido por oito euros, com descontos.
O CAA apresenta, em parceria com o Lisbon Motorcycle Film Fest, um ciclo de cinema que se prolonga pelos três meses (janeiro, fevereiro e março). Na sessão deste mês, marcada para dia 19 (16 horas), poderão ser vistas as seguintes curta-metragens: “O dobro de 44”, “Dust Girls - Marrocos”, “Escape”, “For you Jim”, “6 Hundred Red” e “Riders Maria Riding Company”. A sessão de fevereiro, sob o tema “Motorizadas”, está marcada para dia 9 (16 horas), onde serão apresentadas as “curtas” “Quake City Ramblers”, “Bing Brothers”, “Street Racers”, “Volta a Portugal em 80h” e “Nossa Senhora das Corridas”. Em março, à mesma hora, no dia 8, os filmes a exibir serão “Giovanni Burlando’s Vision”, “Elspeth Beard” e “Fidanzata Della Morte”. Os bilhetes, para maiores de 12 anos, estão à venda e custam um euro para cada sessão.
No dia 23 (19 horas) haverá o “Ciclo Quinta às 7” com “Duethos – Tudo o que eu digo é mentira”, uma representação de Bernardo Tirso (bilhetes a três euros, com descontos) e, no dia 24, às 9 horas, haverá uma Conferência Intermunicipal de Inovação em Educação.
Sérgio Godinho, com o seu novo disco e espetáculo “Nação Valente”, vai estar no auditório do CAA, no dia 25, às 21h30 (bilhetes a 12 euros, com descontos).
A programação de Janeiro encerrará, no dia 26 (18 horas) com a gala comemorativa 25.º aniversário do Conservatório de Música de Águeda, de entrada gratuita.

Fevereiro arrancará, no dia 1, com dois momentos musicais distintos, com intervalo entre bandas. Os Cassete Pirata serão os primeiros a subir ao palco do CAA, às 21h30, e logo depois, a noite continuará com o cantautor e multi-instrumentalista Filipe Sambado. Os bilhetes podem ser adquiridos por oito euros, com descontos.
“c_Vib” é uma performance instalação em torno dos processos físicos do som e da paisagem sonora que emerge das quatro esculturas que o compõem: chão, arcos, flor e permanecer. No dia 7, haverá uma sessão destinada a escolas e instituições (10h30) e, no dia 8 (16 horas), a Sala Estúdio do CAA receberá a iniciativa. Trata-se de uma proposta que integra uma vertente expositiva, patente na Sala Estúdio entre 7 de fevereiro e 1 de março, onde o público é desafiado a ver, ouvir e a tocar o som. A participação é gratuita, mediante o levantamento de bilhetes.
No dia 7 (20h30), o auditório do CAA receberá o Concurso Intermunicipal de Leitura.
“Romeo loves Juliet” é a proposta de teatro para fevereiro, uma peça encenada por Marco Paiva e que conta, entre outros, com Albano Jerónimo, António Coutinho e Andreia Farinha no elenco. Vai estar, de forma gratuita, no CAA nos dias 14 (10h30 para escolas e instituições) e 15 (21h30).
A Companhia Olga Roriz apresentará, no dia 21 (21h30), a “Autópsia”, que será interpretado no palco do CAA por André de Campos, Beatriz Dias, Bruno Alves, Catarina Câmara, Marta Lobato Faria e Yonel Serrano. Os bilhetes custam oito euros (com descontos).
Dois concertos encerram as propostas para o mês de fevereiro, a saber: Vítor Hugo, no dia 27 (19 horas) e Francisco Sales (Outonalidades), no dia 28 (22h30). Para assistir ao primeiro, o bilhete custa três euros (com descontos) e ao segundo cinco euros. Os concertos do âmbito do Outonalidades são gratuitos para quem for detentor do Cartão d’Orfeu.

A primeira iniciativa da programação do CAA para março é um concerto solidário do Rotary Club de Águeda, com os Cardo Roxo. Espetáculo agendado para dia 6 (21h30), com bilhetes a 10 euros, visa a angariação de fundos para apoio a uma causa social
“O resto da tua vida”, com Carlos Coutinho Vilhena (humorista) e João André (ator), alia em palco o stand up e o teatro e está marcado para dia 7, às 21h30, com bilhetes a 12 euros. Para dia 14 (21h30), está agendado o VIII Capítulo da Confraria Enogastronómica Sabores do Botaréu.
A Semana do Teatro, cujas sessões são de entrada gratuita, arrancará nos dias 16 e 17 com a peça “Cardume”, às 10h30 e 14h30, seguindo-se “Catamarã – Nas ilhas Salomão ninguém se preocupa com os erros ortográficos”, nos dias 19 e 20, às 10h30 e 14h30.
O fado de Ricardo Ribeiro vai entoar no auditório do CAA, no dia 21 (21h30), estando os bilhetes à venda por 10 euros (com descontos).
A programação do primeiro trimestre encerrará, no dia 26 (19 horas), com o café-concerto da Orquestra Ligeira do Conservatório de Música de Águeda, no âmbito do ciclo “Quinta às 7”. Os bilhetes custam três euros, com descontos.

Refira-se ainda que está patente, na Sala Estúdio do CAA, até ao próximo dia 26 deste mês, a exposição “Éramos crianças felizes e divertidas”, de Maria Melo. Já a exposição “Bicicleta Motorizada – Águeda e a democratização da mobilidade individual”, com a curadoria de Emanuel Barbosa, está patente no CAA até dia 26 de abril.
Mais informações em https://www.facebook.com/centroartesagueda.