Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Águeda apoia crianças em Bissau

P1050165 1 1024 2500
18 Dezembro 2019

A Câmara Municipal de Águeda, assinou um protocolo de apoio com a Associação Missão Saúde para a Humanidade.

A Associação Missão Saúde para a Humanidade, no âmbito de um acordo de geminação assinado no ano 2000 entre o Município de Águeda e o Município de Bissau, solicitou à autarquia apoio para a aquisição de um terreno onde pretende construir uma casa de acolhimento de crianças em Bissau.

A execução deste projeto reveste-se de especial importância, pois é algo que vai incidir diretamente na melhoria das condições de saúde e nos eventuais tratamentos que as crianças de Bissau necessitem. São as crianças o futuro e é com esta certeza e este sentimento que devemos trabalhar em prol do melhor desenvolvimento e bem estar das mesmas. Neste momento as crianças de Bissau que necessitam de tratamentos médicos especializados têm de deslocar-se a Portugal, nomeadamente ao Hospital de S. João, ficando deslocadas das suas famílias, e por isso mais fragilizadas emocionalmente. A construção desta casa de acolhimento será um auxílio vital para a melhoria da prestação de cuidados de saúde a estas crianças, que muitas vezes são também bastante carenciadas. A casa de acolhimento permitirá realizar os tratamentos localmente e também alojar equipas médicas portuguesas que se desloquem a Bissau.

Tendo em conta a relevância social do apoio, e a certeza de que será bastante benéfico para as crianças de Bissau, o Município de Águeda deliberou conceder um apoio de 6.000,00€ para a aquisição de um terreno onde possa ser construida a casa de acolhimento.

A Associação Missão Saúde para a Humanidade, uma Organização Não Governamental/Instituição de Particular de Solidariedade Social, tem como finalidade a promoção da saúde, a prevenção da doença, e o desenvolvimento psíco-sócio-educativo dos indivíduos, nos países classificados como estrategicamente prioritários para a cooperação portuguesa, é uma associação com trabalho efetuado e elogiado, à vista de todos e em parceria com entidades públicas, como o Hospital de S. João no âmbito do projeto Esperança celebrado pelo Estado Português para os PALOP.