Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

10º Aniversário da Biblioteca Municipal Manuel Alegre

10 anos bmma cartaz m alegre final web 1 1024 2500
12 Novembro 2019

Numa iniciativa que se não é inédita é, seguramente, rara, o escritor Manuel Alegre estará na próxima sexta-feira, dia 15, em Águeda para oferecer aos alunos que ali frequentam o 12.º ano exemplares do romance Alma – título que o autor escolheu para, nesse livro, designar a terra onde nasceu.
A partir das 11h00, no anfiteatro da Escola Marques de Castilho, 250 alunos vão receber das mãos de Manuel Alegre um exemplar de Alma, actualmente na 16.ª Edição, publicada em Abril de 2019, com um texto introdutório da autoria de Mário Soares, que o próprio Mário Soares leu durante a primeira apresentação da obra, a 21 de Dezembro de 1991, em Lisboa.
“Alma é um grande romance: é a história de uma terra de província, numa dado momento histórico, com as suas personagens, o seu ritmo, as paisagens, o rio, os animais, especialmente os peixes e os pássaros, e um certo halo nostálgico da infância, recriada por uma memória intacta, límpida, selectiva, precisa nos mais ínfimos pormenores”, escreveu Mário Soares.

Com esta iniciativa pretende-se que os alunos leiam um romance cujo referente espacial é a antiga Vila de Águeda e o referente temporal a década de 40.

Esse objectivo será reforçado com o diálogo entre o escritor e os alunos em que também virão a lume antigas personalidades de Águeda que serviram de inspiração a Manuel Alegre, figuras que no romance nos aparecem recriadas com o talento literário do romancista.

No dia seguinte, sábado, no âmbito das comemorações do 10.º Aniversário da Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a partir das 15h00, vão ali ser exibidos os diplomas do Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Pádua e do Prémio Camões, atribuídos ao Poeta em 2017, que Manuel Alegre ofereceu à autarquia local e que, agora, passarão também a estar patentes na biblioteca.

Nesse mesmo dia, também na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, será feita, pelo ensaísta e crítico literário Paulo Sucena, a apresentação de Os Sonetos, a antologia que reúne grande parte dos sonetos de Manuel Alegre, publicada no passado mês de Setembro.