Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Manuel Alegre doou dois diplomas à terra que o viu nascer

Img 8957 1 1024 2500
21 Agosto 2018

O poeta e escritor aguedense presenteou o Município de Águeda com dois diplomas, frutos do reconhecimento do mérito, enquanto uma das principais figuras da cultura portuguesa.

Com uma trajetória literária exuberante, tem a disposição dos leitores cerca de 24 livros publicados. O seu percurso poético tem sido distinguido por inúmeros prémios literários, condecorações, medalhas e outras distinções nacionais e internacionais, incluindo a Medalha de Ouro da Cidade de Águeda.
Em 2017, foi galardoado com o maior prémio literário da língua portuguesa, o Prémio Camões e é o único português com o Doutoramento Honoris Causa em Línguas e Literaturas Modernas Europeias e Americanas, atribuído pela Universidade de Pádua em Itália, também em 2017.
Num gesto simbólico de profunda amizade à sua terra, ofereceu esses diplomas ao Município de Águeda, na passada terça-feira dia 14 de agosto, numa cerimónia privada que decorreu nas instalações da Câmara. Estiveram presentes Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal, Edson Santos, Vice-Presidente, Mafalda Maria, esposa de Manuel Alegre, Rui Breda, amigo do escritor e Gil Nadais, antigo Presidente do Município de Águeda.
“Como sou de Águeda, queria entregar a Águeda e a Câmara Municipal através do Sr. Presidente estes diplomas. Fazia sentido porque fazem menção a Águeda” disse Manuel Alegre.
Na oportunidade, Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, referiu, “um gesto muito significativo, de uma pessoa que não se esquece de cantar e escrever Águeda nos seus versos e poemas. É um sinal de grandeza para a nossa terra e agradeço em nome de todos os aguedenses.”
Os diplomas irão ficar em especial destaque na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, onde também é possível consultar as obras do autor.

Img 8957 1 1024 2500
Img 8947 1 1024 2500