Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

13 a 30 de novembro :: Exposição “Jazzbandistas” na Biblioteca Municipal Manuel Alegre

Music 2630318 960 720 1 1024 2500
23 Novembro 2017

Encontra-se patente entre 13 e 30 de novembro, na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a exposição “Jazzbandistas” com base em documentação original do século passado que traça a história do Jazz não apenas em Portugal, mas também em Águeda.

 

Na primeira metade do século passado a presença do Jazz em Portugal espalha-se por todo o país. A denominação dos grupos conhecidos por "jazzes" e as alcunhas de "jazzbandistas" aos seus músicos, comprovam a sua existência ainda hoje relatada.


Neste período a música com swing e improvisação não faziam apenas parte dos contextos culturais das grandes metrópoles, mas por outro lado, ramificaram-se por diferentes zonas, muitas vezes ricas no seu contexto filarmónico.


Também no concelho de Águeda habitaram estes músicos, criando a sua própria cultura e novos movimentos sociais. A exposição "Jazzbandista", com direção artística de Bruno Pinho da associação Pauta Humana, é uma cuidada seleção de documentos que fazem parte de uma coleção de obras, apontamentos e anotações que datam da primeira metade do século XX. Um conjunto de incríveis manuscritos entre textos, transcrições de peças e excertos musicais para diferentes instrumentos, imagens e escritos.


São documentos únicos que fazem parte de uma coleção pessoal que contém uma certa memória coletiva da História e do imaginário da cultura popular e da vida da região. A criação desta exposição surge no âmbito do Protocolo de cooperação que foi celebrado entre a Autarquia e a Pauta Humana Associação Cultural a 3 de maio de 2017 para a promoção e realização de três atividades conjuntas em 2017, designadamente “Pauta Jazz”, concerto da “Orquestra de Jazz de Águeda” e “Exposição Jazzbandista”.

 

Os resultados contínuos entre a Autarquia e a Pauta Humana Associação Cultural demonstraram incontornáveis mais-valias na criação de hábitos culturais entre a comunidade, assim como no âmbito da criação e promoção de expressões artísticas contemporâneas do concelho e da região, com expressão direta no domínio do jazz.