Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Manuel Alegre homenageado no Centro de Artes de Águeda

Manuel alegre 1 1024 2500
19 Setembro 2017

No próximo dia 22 de setembro, às 21:30, no Auditório do Centro de Artes de Águeda (CAA), a Câmara Municipal de Águeda vai levar a efeito uma homenagem ao escritor Aguedense Manuel Alegre, recentemente galardoado com o Prémio Camões 2017, o maior prémio literário da língua portuguesa.

Recorde-se que o júri do Prémio Camões de 2017, composto por seis escritores lusófonos, decidiu em reunião na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro no dia 8 de junho passado distinguir o escritor Manuel Alegre “Pela contribuição para o enriquecimento dos patrimónios literário e cultural da língua portuguesa", como vencedor do Prémio Camões de 2017.

É neste contexto que surge a homenagem a Manuel Alegre, levando a palco o espetáculo “Alma, Cantata Profana”. Após a incrível e dedicada adesão do público ao espetáculo que marcou a inauguração do CAA, em maio de 2017 – “Alma, Cantana Profana op. 23” - desde logo se revelou imperativo repor esta obra musical tão simbólica para a cidade. “Alma” parte de uma composição musical original, e textos de Manuel Alegre, em clara homenagem a este ilustre Aguedense e, no fundo, dedicada a todos os Aguedenses.

“Alma, Cantata Profana, op.23” (2008), obra com música de Luís Cardoso e textos de Manuel Alegre, é interpretada por Margarida Reis (Mezzo-Soprano solo) e pelos seguintes artistas e grupos corais, perfazendo um total de cerca de 350 intérpretes locais em palco, num espetáculo que ganha uma dimensão visual, auditiva e também afetiva que não deixa nenhuma alma indiferente:

Orquestra Municipal de Águeda, direção de Luís Cardoso
Mário Marques (Saxofone Tenor Solo),
Sérgio Carolino (Tuba Solo)
Textos de Manuel Alegre
Interpretação
Mário Marques (Saxofone Tenor Solo)
Sérgio Carolino (Tuba Solo)
Margarida Reis (Mezzo-Soprano solo)
Coral Polifónico Cantate Iubilo
Coro Juvenil do Conservatório Águeda
Coro Misto da Cruz Vermelha
Coro Sul Family
Grupo Coral da Santa Casa da Misericórdia de Águeda
Grupo Coral Jovem de Arcel
Grupo Coral Ré-Canto
Orfeão de Águeda
Orfeão de Barrô
Orfeão de Recardães
Orfeão do Paraíso Social de Aguada de Baixo
Intervenção vídeo André Tentúgal
Orquestra Municipal de Águeda, constituída pela Sociedade Musical Alvarense, Sociedade Rereativa e Musical 12 de Abril, Banda Marcial de Fermentelos, Banda Nova de Fermentelos, Associação Musical e Recreativa Castanheirense.

Auditório | M/6 | 2h |

A entrada para este espetáculo é gratuita mediante levantamento do bilhete, nos dias 20 e 21, no Centro de Artes de Águeda.

Alma Cantata Profana

A programação do CAA poderá ser consultada na sua página de Facebook, numa fase em que o site institucional está a ser construído, onde poderá, no entanto, inscrever-se desde já para receber informação da programação por via electrónica.

Página de Facebook CAA: www.facebook.com/centroartesagueda
Site oficial CAA: www.centroartesagueda.pt
CAA | Rua Joaquim Valente Almeida, 30, 3750-154 Águeda
@ info@centroartesagueda.pt | T: 234 180 151
3.ª a sábado: 10h00 – 19h00 | Domingo: 14h00 – 18h00 | Dias de espetáculo: abre 2 horas antes.

Sobre o Centro de Artes de Águeda
O Centro de Artes de Águeda (CAA) é um equipamento municipal que vem suprir uma lacuna na oferta cultural do concelho, oferecendo condições para que os diferentes agentes possam com qualidade mostrar as suas produções e cimentar a posição do concelho como uma referência regional e nacional na área da cultura. Na sua missão de serviço público, o CAA pretende construir uma programação artística regular, contemporânea e eclética, pautada pela excelência técnica e artística, promovendo o contacto próximo da comunidade com um vasto conjunto de linguagens e disciplinas artísticas.

Através de um Serviço Educativo permanente, o CAA tem ainda como objetivos sensibilizar e formar novos públicos, desenvolvendo o seu sentido crítico, estético e criativo e promover o encontro entre as artes e os diversos públicos e comunidades, propondo contextos participativos na atualidade artística.

Equipado com um Auditório com cerca de 600 lugares, um espaço para atividades pedagógicas, um café-concerto, uma zona expositiva e uma livraria, o Centro de Artes de Águeda é um equipamento central na dinâmica cultural da cidade e da região, que contribui para a integração das políticas públicas da cultura, desenvolvendo ligações aos demais equipamentos culturais da cidade de forma a potenciar toda uma rede de valências e competências no âmbito da criação artística.