Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Centro de Marcha e Corrida recorda jogos tradicionais

Cmmc ojogostradicionais 1 1024 2500
01 Fevereiro 2016

O Centro Municipal de Marcha e Corrida de Águeda proporcionou, no dia 31 de janeiro, uma manhã diferente aos seus utentes, levando-os a recordarem a sua infância com as Olimpíadas dos Jogos Tradicionais.

A manhã de domingo acordou fria e nem uma chuva miudinha insistente tirou a vontade às cinco dezenas de utentes do CMMC de Águeda para participarem nesta iniciativa. Depois de uma corrida para alguns e da marcha para outros, os técnicos dividiram os elementos por equipas, com a obrigatoriedade de todas se defrontarem entre si nos jogos.


O ringue trouxe algumas “mazelas” físicas, mas o jogo que mais “choques” provocou foi o lencinho. Ainda houve tempo para experimentar o pau e o pneu e o tão conhecido jogo da malha, totalmente dominado pelos mais adiantados na idade, mostrando que a experiência era uma arma importante para vencer.
No final, António Queirós, utente do serviço desde o primeiro dia, frisou que “eu noto uma melhoria na minha condição física, mas a grande vantagem de andar aqui é que considero todas as pessoas amigas, formando uma grande família”.


Helena Marques está no Centro de Marcha desde o início e tem sentido “grandes desenvolvimentos na minha capacidade física”. Esta manhã de jogos tradicionais serviu, essencialmente, para “ajudar-me a recordar os meus tempos de criança e, ao mesmo tempo, praticar atividade física de forma diferente”.
Marco Marques, técnico do CMMC, não escondeu a alegria por ver o entusiasmo com que os utentes viveram uma manhã desportiva diferente. “Temos tentado proporcionar novas formas de viver o desporto e esta escolha, pensamos, foi a mais acertada, porque houve aqui gente a recordar os seus tempos de infância”, afirmou.


O CMMC de Águeda, fundado em 2014, está a caminho de comemorar dois anos de existência (abril) e, neste momento, regista 900 pessoas inscritas. “Temos seguido um caminho e um desenvolvimento sustentado e o resultado está à vista de todos, porque somos o centro de marcha que mais tem crescido no país”, concluiu.